Quarto com Acessibilidade

Nos dias de hoje, a questão da acessibilidade para portadores de necessidades especiais, deve figurar em qualquer projeto de arquitetura, porém sabemos que na prática isto não ocorre. Antes de iniciarmos a obra propriamente dita, em reunião com nossos arquitetos, desejávamos que nossos acessos fossem todos em rampa, para que pudéssemos receber cadeirantes, idosos, entre outros… além disso, houve a experiência pessoal de uma das sócias – a Bia – que uma semana antes do início da obra fraturou o tornozelo em dois lugares, durante algumas semanas fez uso de uma cadeira de rodas, o que apenas corroborou nosso desejo de construir rampas e então resolvemos espalhar mais delas por uma grande extensão do jardim, além de ter ficado muito bonito e harmônico, nos proporciona uma grande satisfação, poder hospedar pessoas com necessidades especiais de uma forma adequada.